Os sotaques brasileiros (Brazilian accents)

Sotaque.  This is the word for “accent” in Portuguese.  As in the way a person speaks.

“Sotaques brasileiros” depend on the region that one is from.  I used to think that there was just the Portuguese accent and the Brazilian accent, and that was it. While it is true that accents within Brazil bear more similarity to one another than any of them do to the Portuguese accent, there is still a massive difference between an accent in the North and the South of Brazil, for instance.

Brazil has 27 different states, each of which is found in one of the following regions: North, Northeast, South, Southeast and Central West (the regional division is very strict: Rio is in the Southeast but not in the South, for instance). Take a look at the map below to see what I mean:

All of the states, and sometimes even individual cities, have their own, unique “sotaques.” I came to see this accent variation firsthand when speaking with some Brazilians through the language-learning website, live mocha.  To give you an idea of just how much the accents differ, I will introduce you to some of them…

Sotaque Paulista:

To start with, the paulista (someone from the state of Sao Paulo) accent is probably the most standard Brazilian Portuguese accent. They pronounce the “R” like Americans do.  For instance, for the word “porte,” they say “porrrrrrrtayyy.” Watch this video to get an idea:

Sotaque Carioca:

If you watched the video of the lovely Rodrigo Santoro in my first blog post, then you have already heard the carioca accent before. A carioca is someone from the city of Rio de Janeiro.  People from the state of Rio are called fluminenses (and their accent is completely different from the carioca accent).  Because the second largest television network in the world, Rede Globo, is based in Rio, the carioca accent is the most famous of Brazil.  So, just like most American movies feature the standard American accent, most Brazilian movies and TV shows feature the carioca accent.

This accent sounds totally unique and different from the rest of Brazil. Cariocas love to sing when they speak; they exaggerate their words, sounding almost Italian. This laid-back way of speaking makes sense given the easygoing culture of Rio.

The main distinction of the carioca accent is the “shhhhh.”  For instance, while other Brazilians will pronounce the word “mais” (more) like “micccce,” cariocas pronounce it like “mishhh.” They also use the “R” in another way.  “R” has the same sound as “H.” For instance, “Rio” is pronounced like “hio.” Take a look at this video to see what I mean:

Quick side note: There is an intense rivalry between cariocas and paulistas.  They will always criticize each others’ accent (amongst many other things). So pick a side and stick with it! Or just stay neutral.

Sotaque nordestino:

While cariocas say the word “gente” like “gent-tsh,” nordestinos (those in the Northeast of Brazil),  pronounce it like “gen-tee.” Watch this video to get an idea of how they speak:

Sotaque Gaucho: 

There are also the  gauchos, which are people who come from the state Rio Grande do Sul, a state in the very south of Brazil, just bordering Uruguay.  So it makes sense that they use the “R” in the same way as Spanish-speakers, like “rrrr.” They also speak with longer syllables and like the cariocas, sing when they speak.

Sotaque Mineiro: 

Finally, mineiros are people from the state of Minais Gerais and like cariocas, they soften the “R” and pronounce it like “H.”  They speak quite slow and much of the time, they remove a syllable from a word. For example, “um litro de leite” (a liter of milk) is spoken “um li’ de leite.” “Debaixo da cama” (under the bed) is spoken “debai’ da cama.” Look at the video below to get an idea of how they speak:

I could go on and on…but you get the picture! It’s interesting that the accents sound so different when speaking Portuguese, but also when speaking English.  I found that paulistas have almost a Spanish or Hispanic accent when they speak English. Perhaps this is because the accent is a bit more flat and less sing-songy. Meanwhile, when a carioca or a mineiro speaks English, their voice intonation changes much more and consequently, they sound completely different.

Some of my personal favorites? Definitely the mineiro and the carioca accent.  I love the exaggerated syllables and the tone variation. The carioca accent is what drew me to Brazilian Portuguese in the first place.   I’m a fan of the “shhh” – I think it sounds really cool.

What are some of your favorites? Can you even tell the difference?

Advertisements

18 thoughts on “Os sotaques brasileiros (Brazilian accents)

  1. Samuel says:

    Parabens pelo pesquisa – desculpe escrever sem acento (iphone). Legal seu interesse por nossa lingua. Eu sou gaucho, (do norte, falamos um portugues com muito influencia do italiano e do alemao) mas moro em Florianopolis – Sc, o sotaque daqui e bastante particular, tanto que nem eu entendo os nativos as vezes – os chamados manezinhos, caso te interesses dar uma pesquisada.
    O meu sotaque predileto e o meu, claro 😉
    Ate

  2. obrigada! fico feliz que vc gostou o post 🙂 é verdade que eu sou apaixonada pela sua lingua! eu acho muito bonita mesmo. eu vou dar uma pesquisada pelo sotaque manezinho e talvez adicionarei aqui! até 🙂

  3. Luís Eduardo says:

    Uma coisa que pode parece meio “bairrista”, mas o sotaque baiano é diferente do sotaque do resto do nordeste. Aqui não costumamos falar o som de “ee” e o nosso “ti” tbm é chiado

  4. selia says:

    Olha, pelo que li, você compreendeu mais ou menos bem o sotaque do interior do estado de São Paulo, o gaúcho e o mineiro. Entretanto, o sotaque da capital de São Paulo e redondezas é o que parece italiano, principalmente pela entonação e a forma como pronunciam o R. A maioria dos paulistas falam o r em início de frases como os cariocas e todos os brasileiros: com o som do H de “happy” para os americanos. Somente os paulistanos que vivem em zonas de grande influência italiana falam o R como no espanhol, e nesse caso falam o RR com essa mesma pronúncia. O carioca não tem nada a ver com o sotaque italiano, mesmo, o R é mais francês do que italiano, porque é um som mais gutural. O sotaque carioca não é tão diferente do resto do Rio, é bem parecido, na verdade, exceto por alguns lugares com mais proximidade com Minas e São Paulo, por exemplo. E, por fim, o sotaque “padrão” do Brasil é a mistura do R carioca com o S paulista, ou seja, pronuncia-se “mice” para “mais”, mas a palavra “porta”, por exemplo, o R tem um som mais gutural, parecido com o francês, mas mais sutil.

  5. Aramis says:

    a ‘rrrr’ que tu chamas a ‘r’ do espanhol existe em portugal, e o jeito original (antes de influencia francesa) e escoitada no norte e nas zonas rurais mas nao em lisboa.

    a R que usam a maioria dos brasileiros…(que soa como H en ingles,nao a versao mas forte ) nao existe em portugal!

  6. Lucas Natan says:

    Muito legal o que vc percebeu dos sotaques brasileiros. Vc citou que às vezes, o sotaque pode variar dentro do estado, e pode mesmo. Alguns estados maiores têm muitos sotaques dentro dele, eu sou de Minas, e conheço no mínimo uns quatro sotaques diferentes só dentro do meu estado. Têm também a influência do sotaque de um estado no outro, por exemplo: o sul de Minas recebe influência de São Paulo, pelo fato de estar mais próximo, o norte, que é mais ou menos onde moro, já recebe influência da Bahia… e assim por diante. O que acaba formando sotaques misturados… Enfim… parabéns pela boa percepção, realmente não é fácil, nem mesmo pra gente.

  7. Lucas Natan says:

    Ah… só algo que esqueci. Na maior parte do Brasil, a gente fala o ‘r’ com o som de ‘h’ pra vcs… Por exemplo:

    “Rio” na maioria dos lugares não se fala “rio”, mas sim “hio”. 😉

  8. Kaya says:

    I’m actually European (not from Portugal though) and to me Sao Paulo accent is the ugliest brazilian accent I’ve ever heard IN MY LIFE lol. It just makes portuguese sound so ugly, i can’t barery take in.

    Northern Brazilian – I just can’t understand anything they say. They sound like they’re drunk or out of breath LMAO!

    Rio – the “shh” sound reminds of slavic languages.

    Southern Brazilian and Belo Horizonte sound the best IMHO.

  9. Otávia says:

    Olá! Tudo bem?
    Adorei o site! Parabéns pela iniciativa de aprender outra língua. Essa é uma viagem maravilhosa que parece não ter fim: quanto mais aprendemos, mais queremos aprender.

    Concordo com as ressalvas apontadas pela Selia.

    O sotaque paulistano varia muitíssimo ( também pelo tamanho da cidade). O sotaque de alguém que nasceu e se criou no Ipiranga é diferente de quem vem da Mooca e ambos os bairros são praticamente vizinhos, ainda dentro da área italiana da cidade. Imagine então a diferença que há entre alguém do extremo leste da cidade e alguém do oeste? 🙂

    Imagine então a variação do sotaque paulista (do Estado de SP)! O jeito de alguém de Piracicaba falar é beeeeem diferente do jeito de um Jundiaiense falar.

    Alguém comentou aqui ou em outro site a questão dos “r”s brasileiros que, às vezes, lembram o “r” americano. Pareceu para mim importante ressaltar que esta maneira de falar não é encontrada apenas no interior do estado de SP, mas por todos os estados por onde passaram os Bandeirantes. Portanto, além de São Paulo, esse sotaque pode ser escutado em parte do Paraná, parte do Mato Grosso, parte de Goiás, etc. Esse “r” diferente não agrada à todos os ouvidos, mas deve ser valorizado: é herança dos indígenas que, ao tentarem aprender a língua dos colonos portugueses, tinham que adaptar os sons dos “r”s e “l”s que não existiam em sua própria língua.

    Espero que você continue sua busca, aprendendo cada vez mais!

  10. Luiz Trindade says:

    Estou com Luís Eduardo não dizemos NOTRT(EE) essa pronúncia é mais do pernambucano (recifense) e vizinhos. Nossa pronúncia está mais para NORT(I) o “T” soa ” tch”

  11. Bruno says:

    Estava procurando uma forma de explicar os sotaques para um amigo russo, e essa página é extremamente precisa, parabéns pela ótima postagem!

  12. Naya says:

    O really loved reading your text about us, Brazilians. That’s true that we have a lot of accents and in region it’s called ‘goianes’. It’s like the minero…

  13. MARCELO B PEREIRA says:

    Oi,
    Gostei muito do artigo! Estava tentando explicar isso pra um amigo norte-americano, me ajudou bastante. Só senti falta da listagem do meu sotaque. Moro no “interior”, num estado da região centro oeste, aqui falamos “puxando” a letra ‘r’, para nós é imperceptível, mas para os demais Brasileiros realmente fica a impressão que falamos “porrrta”, isso se reflete também no inglês, em palavras como “mark” ou “door”.

  14. Vanessa Lemos says:

    Parabéns pelo texto! Moro na região norte, mais precisamente em Rondônia. Como ja foi dito no mesmo estado as vezes há uma diferença enorme de sotaques. Mas essa faz parte da pluralidade do Brasil. Um grande abraço.

  15. Muito legal o texto! Eu sou gaúcho e aqui dentro do Rio Grande do Sul mesmo temos diversos sotaques. O povo da cidade de Santa Maria tem um sotaque diferente do povo de Porto Alegre. Em Santa Rosa já muda também o sotaque. E assim por diante. Há mil e um sotaques!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s